De acordo com estimativa das 100 línguas mais faladas por número de falantes nativos da edição de 2007 da Nationalencyklopedin, mais de 360 milhões de pessoas são falantes nativos de língua inglesa. Se pensarmos nos falantes de inglês como segunda língua, o número chega em aproximadamente 500 milhões. Isso nos dá a dimensão de como, em um mundo globalizado, a importância desse idioma se faz cada vez mais evidente[1]. A abrangência do inglês atinge esferas da educação, política, economia, tecnologia, turismo, cultura, religião etc. Seguimos como uma rede global que fez desse idioma uma ferramenta fundamental de trocas, alcance e expansão.

Pensando em termos de carreira acadêmica, profissional e capacitação ministerial, o domínio da língua inglesa amplia nossos horizontes e oportunidades. Esse é o idioma mais utilizado na comunicação entre estrangeiros, em artigos e materiais encontrados na Internet, em publicações de livros e nos eventos internacionais. Assim, o Centro de Línguas Krieger – localizado no Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, deseja promover o ensino desse idioma associado ao ensino da cultura de falantes de inglês – em especial a cultura norte-americana e britânica.

Nosso objetivo é proporcionar um ensino de qualidade e excelência, com o preço acessível, profissionais competentes e metodologia dinâmica e com ênfase na oralidade e comunicação. O método utilizado combinará, portanto, técnicas de ensino por meio de didática consistente e estruturada, com o foco na oralidade; sem negligenciar, contudo, as demais habilidades na aquisição de um idioma – como a escrita, gramática e o vocabulário. Desta forma, as atividades de produção escrita serão, majoritariamente, realizadas como tarefas de casa, sendo corrigidas em sala para que o aluno possa sanar suas dúvidas. Pretende-se, com isso, maximizar o tempo de fala e produção oral do aluno, evitando uma produção textual mecânica e atividades extensivas e enfadonhas de gramática. Nesse sentido, utilizaremos como material didático a coleção Interchange Fifth Edition, da Cambridge University Press, bem como recursos preparados pelos professores para fixação e esclarecimento do conteúdo.

Nossa expectativa para os próximos anos é o estabelecimento de parcerias com Seminários e instituições americanas para que nossos alunos tenham a oportunidade de realizar intercâmbios e participarem de diversas atividades de imersão na língua inglesa. Assim, incentivamos você, profissional, acadêmico, líder de comunidades de fé, e aqueles que possuem interesse em aprenderem essa língua de extrema relevância, a realizar seu nivelamento e a se matricular nos níveis básico, intermediário e avançado.

1 Mikael Parkvall, “Världens 100 största språk 2007” (As 100 Maiores Línguas do Mundo em 2007), pela Nationalencyklopedin.

Chegou a sua vez de se comunicar com o mundo, venha para o CLK!