Memórias da Colina: Pedro Capela

MEMÓRIAS DA COLINA: PEDRO “CAPELA”

Dos mais de três mil vocacionados que já passaram pela Colina, alguns se destacaram na maneira como serviram ao reino de Deus. Uma dessas vidas é a de Pedro Litwinczuk, mais conhecido como Pedro “Capela”.

Era um Ford Canadense que pertencia à então Convenção Batista do Distrito Federal, hoje Carioca. Para muitos era apenas um carro, mas para Pedro era um instrumento de evangelização, era uma estratégia para levar a mensagem de Salvação às pessoas.

No ano de 1962, o carro estava parado no Seminário do Sul, quando foi recuperado mecanicamente pelo seminarista Pedro Litwinczuk. E se transformou numa “capela volante”, que estampava o tema “Só Cristo Salva”, slogan também usado nas campanhas de evangelização da época.

Durante os quatro anos em que estudou, Pedro foi o motorista, propagandista e pregador utilizando-se deste carro, daí o apelido de Pedro “Capela”, lembrou João Carlos Musgi.

“Quando a Mocidade Batista Carioca realizava as concentrações do Dia da Bíblia, ela (a “capela volante”) estava sempre presente. Eu e Clóvis Pereira, também rodamos muito com ela”, recordou o Pr. Flávio Vieira Lima.

Praça Saens Pena, Estação da Leopoldina e Central do Brasil foram alguns dos pontos onde Deus operava, transformando muitas vidas e marcando tempo na evangelização da cidade. Mas a história do Pr. Pedro “Capela” não para depois de sua formatura, pelo contrário. Seu ministério segue frutífero até os dias de hoje.

“Pedro ‘Capela’, sem dúvida alguma, foi um ícone para seu tempo e sua geração. Apaixonado por Jesus e um evangelista de mão cheia, nunca desperdiçou uma chance ou oportunidade de falar de Jesus, seja no trabalho, academia, van etc. Na época do Seminário era discipulado pelo Reis Pereira, foi ordenado no 3º ano, sendo examinado pelo Pr. Éber Vasconcelos e quando lhe perguntei se foi difícil e ele respondeu: ‘eu não entendia nem a pergunta elaborada pelo Pr. Éber’.”

Ficou conhecido no período do Seminário por colocar a “capela volante” para rodar e usá-la como relevante ferramenta de evangelização. Influenciou muitos pastores na época. Foi bem-sucedido no ramo empresarial, sendo fundador da Golden Cross (empresa de planos de saúde) e usou os recursos que Deus lhe deu para ser um grande distribuidor de Bíblias, aplicando esses recursos, também, apaixonadamente em missões. Junto do seu amigo Luis Grichenco comprou o 1º terreno na Rússia, para plantar uma igreja brasileira pela JMM. “Ele continua hoje com a mesma paixão de ontem”, expressa seu filho, Pr. Pedrão, que a exemplo do pai, organizou a Igreja Comunidade Batista do Rio, a CBRIO.

A Faculdade Batista do Rio de Janeiro louva a Deus pela vida do nosso querido Pedro “Capela”, este precioso servo do Reino de Deus.

Você pode fazer como Pedro Litwinczuk e também ser parte desta história de tradição! Seja aluno do Seminário do Sul: https://www.seminariodosul.com.br

#FaçaAcontecer
#FaçaSemináriodoSul

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here