Novos Coordenadores do EAD

Filhos de pastores metodistas, Paula Corrêa Welte Boechat Sales e o Pr. João Ricardo Boechat Sales se conheceram aos 17 anos e já traçaram um caminho seguindo para a expansão do Evangelho e também para o ensino das Escrituras. Hoje, aos 29 anos, eles possuem currículo apropriado para a função de Coordenadores do Núcleo de Ensino à Distância (EAD) iniciada hoje, 15 de julho.

João é graduado em Teologia pela Faculdade Teológica Sul Americana, em Relações Internacionais pela Cândido Mendes, Mestre em Sociologia Política pela Universidade Estadual do Norte Fluminense, Doutor em Ciência da Religião e em Sociologia Política ambos pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Paula é Graduada em Teologia pelo Instituto Benetti e em Letras (Inglês), além da especialização em Docência em Língua Inglesa ambas pela Universidade Estácio de Sá.

Os novos Coordenadores contaram à redação do Seminário do Sul que os títulos foram adquiridos de acordo com as necessidades encontradas no campo missionário. “O diploma de Relações Internacionais, por exemplo, surgiu pela necessidade de intermediar diálogos no campo de refugiados”, contou João. Com os corações ardendo pela realização da vontade de Deus através de suas vidas, os jovens contam com emoção a trajetória percorrida até aqui. Quando ainda lecionavam num Seminário em Campos do Goytacazes (RJ), o pastor Boechat foi convidado para ser intérprete na Conferência que contou com John Ewart como preletor oficial. A partir deste momento, ele passou a olhar para o Seminário de forma diferente.

Os coordenadores estão alinhados à visão da atual gestão e acreditam que prestar um serviço de ensino à distância com qualidade será um diferencial para as igrejas locais e também para os vocacionados no Brasil e no mundo. Eles entendem que a plataforma é uma maneira de disseminar e democratizar o conhecimento. Já para o irmão Juarez Solino, Gerente de Administração e Finanças, o investimento no EAD é uma maneira da instituição captar alunos e assim conseguir um equilíbrio econômico. “Toda organização precisa encontrar o equilíbrio econômico até chegar ao ponto de ser superavitária” afirma Solino.

O desejo de toda equipe do Seminário do Sul é que Deus abençoe grandemente o casal e que a gestão contribua para a continuidade da boa obra que Deus começou há 111 anos.

Não fique de fora deste novo tempo, estude no Seminário do Sul!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here