A situação atual é única na história da humanidade, com um gigantesco contingente de pessoas em regime de quarentena doméstica, com implicações na economia, na educação, na vida social e nas práticas eclesiásticas. 

As demandas do mundo moderno – com novas configurações no mercado de trabalho, familiares, relacionamentos pessoais e novos formatos de celebração e culto por meios digitais– exigem que pastores, líderes, missionários, evangelistas, educadores tenham um aprofundamento bíblico e teológico que responda, com firmeza e fé, aos novos desafiosA situação de isolamento social deliberado pode promover uma sociedade cada vez mais narcisista, intimista, verticalista, egocêntrica, com pouco espaço para a promoção de identidades cristãs saudáveis e relacionamentos fraternos duradouros. 

Este curso de Pós-Graduação em Igreja e Universo Digital se insere nesta realidade, com o propósito de fortalecer as áreas de competência dos ministros, habilitá-los a desempenhar suas tarefas essenciais mesmo num contexto de ampliação das atividades virtuais nos tempos que se seguirão à pandemia e quarentena.  

Alicerçado numa sólida fundamentação bíblica e teológica, este curso fornecerá aos líderes qualificações e ferramentas para atuar em espaços virtuais, com excelência e contextualização ministerial 

PÚBLICO-ALVO 

Pastores, líderes, missionários, evangelistas, educadores e ministros religiosos que já tenham concluído seu curso de graduação. 

PERÍODO E CARGA HORÁRIA 

O curso será integralmente à distância, utilizando ferramentas eletrônicas disponíveis para as atividades didático-pedagógicas. 

O curso terá a duração de três semestres, com 8 disciplinas de 45 horas-aula cada. O terceiro semestre será dedicado à produção do TCC/Monografia. 

O início do curso está condicionado ao mínimo de 20 alunos matriculados. 

ESTRUTURA CURRICULAR  

  1. Eclesiologia e tecnologia 
  2. A comunicação e as redes sociais 
  3. Evangelização pela internet 
  4. Inovação tecnológica 
  5. A pregação no formato eletrônico 
  6. Ética e disciplina eclesiástica em espaços virtuais 
  7. O aconselhamento bíblico à distância 
  8. Culto e liturgia por meios eletrônicos 

DESCRIÇÃO DAS DISCIPLINAS 

  1. Eclesiologia e tecnologia 

Por uma definição de eclesiologia contemporânea. As bases bíblico-teológicas da Igreja. Igreja e contextualização. Igreja e modernidade. Ser igreja em ambientes virtuais.  

2. A comunicação e as redes sociais 

A estrutura da comunicação nas redes sociais. Tipos diferentes de redes sociais. Por uma reflexão epistemológica sobre as redes. Metodologias e estratégias de uso das ferramentas eletrônicas para a comunicação.

3. O processo de evangelização pela internet 

Evangelismo e cultura. Fazendo missões à distância. Oportunidades e estratégias de evangelização nos espaços virtuais. O Evangelho nas mídias e nas redes. 

4. Inovação tecnológica 

O que é inovação. Princípios de criatividade e fomento de ideias. Gerenciamento de processos inovadores, com foco em tecnologia, no universo virtual e na era da informação.  

5. A pregação no formato eletrônico 

Aspectos teológicos da pregaçãoO público das redes sociaisA mensagem eletrônica. A pregação midiática. Diferentes plataformas de pregação. Técnicas fundamentais para pregadores em espaços virtuais 

6. Ética e disciplina eclesiástica em espaços virtuais 

Por uma ética integral. A fundamentação bíblico-teológica para a disciplina eclesiástica. Desvios morais e quebra de princípios nos espaços eletrônicos. O papel da disciplina eclesiástica nas redes sociais. Pela pacificação dos conflitos e promoção da paz nas redes sociais. 

7. O aconselhamento bíblico à distância.  

Princípios do aconselhamento bíblico. O gabinete pastoral no mundo virtualPráticas pecaminosas e crimes nas redes sociais. Princípios e procedimentos de aconselhamento à distância. 

8. Culto e liturgia por meios eletrônicos 

Análise da adoração nas igrejas da atualidadeCultos presenciais e virtuais: uma análise comparativa das semelhanças e peculiaridades. A adoração e suas novas formas de expressão, linguagens e processos nas redes sociaisPlataformas de culto e formatos de liturgia eletrônicos.