Sobre a Palavra de Deus – Rainerson Israel

LEIA O TEXTO “SOBRE A PALAVRA DE DEUS”

Na semana da Reforma Protestante, através de um texto impactante, o Professor Pr. Rainerson Israel aborda a importância de estarmos firmados na inerrante Palavra de Deus. Leia abaixo:

 

Sobre a Palavra de Deus

Novos “marciãos” estão surgindo querendo construir um novo cânon. Uma nova escritura dentro da Escritura. Perderam a coragem de assumir cada página da Sagrada Escritura! São leões que gritam a justiça dos profetas, mas “gatinhos” recolhidos quando o tema é moral. Caniços agitados pelos ventos! Aceitaram a tirania do “além do bem e do mal”. Sentem-se Pedro, mas não confessam o que ele corajosamente confessou: “porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus!”

São protestantes ou católico-protestantes que perderam não só a Sola Scriptura, mas também a tradição, a história, os dogmas etc. Não sobrou nada, apenas a voz ensimesmada dos leitores com suas verdades liquefeitas. Eis o pernicioso mundo líquido – líquido nos disfarces, mas totalmente sólidos desde suas entranhas. Dogmáticos! Suas verdades são brutas, concretas e visíveis! Cada um interpreta a Palavra de Deus do jeito que quer, da maneira que lhe convém. Uma hemorragia de sentidos! O leitor engole o autor, o contexto, os valores eternos e, se sobrar, engole o próprio estômago – “o seu deus é o ventre”.

A Bíblia é a Palavra de Deus! Temos que repetir mil vezes! Até acho que as expressões “contém a Palavra de Deus” ou “torna-se Palavra de Deus” são sutilezas venais que podem deteriorar o edifício da teologia cristã. A Bíblia é a Palavra de Deus, sem mais.  Infalível, inerrante, inspirada por Deus! Não é fácil penetrar em seus mistérios! Não é fácil compreendê-la! Não! Ela me confronta diariamente! Ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas. Ela não é insuficiente, como dizem alguns arautos encantados com a sua boa retórica. Ela é a voz dos profetas e dos apóstolos, as testemunhas primárias, oculares e auriculares da revelação de Deus! Diante da Palavra de Deus, como diz K. Barth, corrigimos os nossos cadernos. Os nossos insuficientes cadernos!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here